5 SINAIS PARA PERCEBER SE O TRADING É OU NÃO PARA SI!

5 SINAIS PARA PERCEBER SE O TRADING É OU NÃO PARA SI!

Diferentes pessoas têm diferentes aptidões, umas são melhores numas coisas e outras noutras, é a natureza humana e é algo que não pode ser negado. O principalmente objectivo deste artigo é fazer perceber o leitor se este está pronto para se aventurar no trading desportivo, se reúne ou não as características essenciais para que possa fazer deste um estilo de vida e a sua maior fonte de rendimento. Confira abaixo quais são, na opinião da Betrader, os sinais mais importantes para perceber se o trading desportivo é afinal, indicado ou não para você!:

1. Você está a procura de algo para ganhar dinheiro rapidamente!

É possível ganhar muito dinheiro com o Trading Desportivo? Sim!

É possível fazer disso a sua principal fonte de rendimento? Sim!

É possível ganhar dinheiro rapidamente com isso? Sim, porém aqui temos um problema. Se você começasse HOJE no trading desportivo e ganhasse muito dinheiro em pouquíssimo tempo só existiria duas possibilidades para explicar o acontecido:

1º: Você teve muita sorte logo de início e provavelmente não terá consistência se tentar manter o mesmo ritmo.
2º: Você é praticamente um génio e descobriu a sua real vocação neste mundo, não precisando de estudar quase nada para atingir o nível de um profissional.

Considere que o 1º caso acontece com 99,99% das pessoas que ganham dinheiro rápido nesse mercado e apenas os outros 0,01% são realmente génios (isso pra não dizer que é “impossível” existir alguém assim).

Basicamente falando, se você pretende ingressar no Trading Desportivo a procura de “dinheiro rápido”, com certeza isso não é para você.

Trabalhar como um trader exige paciênciafoco e e principalmente disciplina a longo prazo.

Se você não tem essas características ou não busca por isso, o trading desportivo não é para você .

2. Você não gosta de estudar ou não tem paciência para aprender aos poucos.

Na verdade esse “sinal” não é nenhum pouco específico. O estudo, não importa em qual ramo você queira se aventurar, sempre foi e sempre será o pilar que sustenta o sucesso naquele ramo ou não.

Não basta conhecer os métodos ou técnicas se você não estudar o que pretende fazer ou não em uma operação, estudar as equipas, os confrontos passados, aprender novos “planos”, enfim…

Se você não gosta de usar uma parte do tempo que tem para assistir vídeos de pessoas mais experientes, ou ler algum bom artigo sobre trade, ou quem sabe até um livro, você não vai muito longe como trader.

3. Pensa que pode aprender sozinho e ser um profissional em pouco tempo.

Você pode aprender sozinho sim, com certeza, afinal muitos já disseram fazer isso. Muitas pessoas com anos de experiência em trading fizeram-no, pois havia pouquíssima informação na internet.

Nos dias atuais, com tanto conteúdo bom disponível e de boa qualidade, é quase um pecado querer aprender sozinho.

Pense comigo: se você pode poupar seu tempo, aprendendo com quem já passou por tudo que você vai passar, porque arriscar seu investimento e pior ainda, seu tempo querendo fazer tudo sozinho?

É como diz o ditado: “Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá em grupo”.

Participe de blogs, canais do youtube, grupos em fóruns e no até no Facebook. Faça parte do “grupo” e vá mais longe!

E se mesmo assim preferir ir sozinho, vá… mas pode ser que você acabe chegando a conclusão de que o trading desportivo não é para si!

4. Você é uma pessoa muito imediatista.

Ser imediatista, nada mais é do que procurar resultados ou querer algo num período muito curto de tempo, sem “trilhar” um caminho adequado.

Se você é uma pessoa imediatista, vai querer ganhar experiência rápido, vai querer que os “resultados/ganhos” apareçam em pouquíssimo tempo, vai buscar os métodos mais fáceis porém não seguros de atingir seus objetivos.

A pessoa imediatista não tem paciência e muitas das vezes não tem controlo emocional para lidar com os atrasos no que ela busca.

Gosto de dizer que o Trading Desportivo é como um passeio de montanha russa. Tem muitos altos e baixos mas uma hora, depois de algum tempo, você acaba habituando-se se der várias voltas.

O queremos dizer é: na jornada como trader você vai ter muitos altos e baixos, mas uma hora vai saber lidar com isso e muito provavelmente terá mais altos do que baixos. Já o imediatista não tem toda essa resistência de aguardar até a chegada desse dia, sempre a trabalhar duro.

 

5. Você é inseguro demais (além da conta)

Ser inseguro tem seus pontos positivos e negativos.

As pessoas inseguras, geralmente são muito cautelosas com os passos que dão e procuram sempre o caminho mais seguro para chegar a algo que almejam.

Nesse caso isso é um ponto muito positivo para um trader pois evita que ele cometa erros levado pelo impulso de uma oportunidade.

Porém o problema começa quando alguém é inseguro demais!

Ser inseguro além do necessário deixa o trader retraído, sempre em “modo de defesa”, evitando o máximo possível para não fazer a operação em determinado jogo.

E bom, é como dizem né: a melhor maneira de nunca perder 1 Euro se quer em seus investimentos é nunca fazer nada, e quem não faz nada também não ganha nada.

Se você se considera uma pessoa insegura demais, o trading Desportivo não é para si, mas se você quer “eliminar” essa característica, o trading é um bom lugar se você aprender a ser disciplinado.

AS PROBABILIDADES COM O MELHOR VALOR …  AS MARGENS MAIS COMPETITIVAS ESTÃO  NA BETRADER

O que é o Scalping

O que é o Scalping

Scalping numa Exchange Desportiva é um processo de alta frequência de apostas em ambos os lados do mercado (Back e Lay), com o intuito de lucrar com pequenas diferenças de preços. O scalping é considerada uma estratégia de baixo risco para a banca.

O scalping é rentável!!?

Scalping a alta liquidez e a rápida troca de preços torna num verdadeiro mundo selvagem os mercados de corrida de cavalos, onde a pressão do preço faz com que as probabilidades flutuem constantemente.
O Scalping é visto como uma estratégia de negociação (Compra e Venda) a curto prazo. O objetivo é tirar um lucro pequeno com rápidos movimentos de preços. Exemplo, odd está a 5.8 você cria uma resistência para o cavalo a 5.9 enquanto coloca Lays a 5.8, ao retirar a resistência, o mercado têm de imediato tendência natural para subir, facilitando assim o fecho de todas as apostas numa curta exposição ao risco.

Diferença de Scalping e Swing

A estratégia é diferente do Swing, no Swing o trader não está à procura de movimentos de preços significativos . Os scalpers não estão interessados ​​em cavalos individuais, jóqueis, treinadores, corrida ou até mesmo no resultado final. Eles são ” Traders frios, sem dó nem piedade” com um objetivo na sua mente: Capturar um pequeno movimento de preço no mercado de 1 / 2 ou 3 ticks.

Como aplicar o SCALPING?

O conceito é simples e baseado em regras, pode inclusive ser automatizado. Pode potencialmente gerar ganhos consistentes com uma contribuição razoável.
Com a experiência e apoio profissional da Betrader o scalpin poderá torná-lo rentável e escalável usando bots software de trade, onde se torna super rápido a execução de apostas.

Quais os Contras do Scalping?

Um software para scalping tem um custo. Normalmente, está disponível por assinatura mensal.
Os scalpers bem sucedidos querem que os outros escalem para criar mais liquidez sendo assim mais fácil executar o seu trade. Como a maioria dos conceitos que se aplica às Exchanges, existe sempre risco de acabar por perder o seu dinheiro em banca para os profissionais experientes.

Quando é que os Scalpers entram no mercado?

Os Scalpers entrarão quando encontrem oportunidades para enganar alguém, manipular ou até mesmo devido a novas informações a chegarem ao mercado. Por exemplo, após uma notícia uma dica que foi dada por alguém em especial. Esta nova informação afeta e influencia o mercado. Os preços acumulam-se variam desordenadamente e o mercado atinge um consenso onde as probabilidades devem se estabelecer (ou seja, o preço real é “descoberto”). Esse processo é um inferno para novatos e demasiado acelerado, é ai que os scalpers se aproveitam sendo rápidos a responder.

Nem todos os movimentos do mercado são ” sábios “. Os falsos sinais são muitas vezes criados por traders ou mesmo outros scalpers agindo com pouca informação ou “sentimento” fazendo blufs para imitar o efeito de um movimento de preços “inteligente” por norma com base em novas informações.
Os scalpers iniciais e mais bem sucedidos entram em primeiro no mercado , o resto dos scalpers geralmente vem por acréscimo uns minutos mais tarde.

Scalping é lucrativo?

Para se beneficiar do scalping, o lucro deve ser maior a cada tick executado. Veja como torná-lo lucrativo.

NÃO SE PODE ACREDITAR EM TODAS AS HISTÓRIAS DE SUCESSO
Existem sites que afirmam ensinar-lhe, de maneira a que ganhe lucros consistentes com cursos baseado em assinatura mensais, cuidado.
Não acredite em tudo que lê na internet, ou veja no YouTube. Seja cauteloso não vá em promessas de grandes riquezas. Quando começa no mundo do scalping coloque objecivos reais e alcançáveis.

VELOCIDADE
Os scalpers mais rápidos são, sem dúvida, os mais bem sucedidos (para mim é talvez o segredo principal do scalper). Passo a explicar.
Scalping é um pouco como um esquema Ponzi. O mais rápido dentro e fora do mercado ganha lucro . Se um scalper for consistentemente é capaz de obter o seu lucro nas primeiras e rápidas entradas, certamente que ele conseguirá lucros a longo prazo.
Os retardatários tardios, por outro lado, se garantirem um pequeno lucro. Já não é mau e para que isso aconteça, eles ficam mais dependentes do movimento de preço.
Para agir consistentemente e rápido, existe tecnologia.
Geeks Toy é uma das ferramentas mais populares para o trader, devido à sua velocidade conhecida, ele para mim é o melhor no que toca ao scalping.

Esteja ciente das limitações ao uso da tecnologia, não é tudo nem é o mais importante.

DICAS PARA SCALPING
Mercados em movimento:
Lento significam que estará à espera de uma alteração de preço. Corridas de cavalos do Reino Unido por exemplo, nos últimos 20 minutos antes do início da corrida, oferece amplas oportunidades para o Scalping.
Pratique com pequenas apostas e use baixas probabilidades. Scalping em altas probabilidades é mais arriscado, e tem menos liquidez. Duplamente perigoso para um iniciante , óptimo para mim, adoro
Mantenha sua disciplina. Isso não é exclusivo para scalping.
Não permita que o trade corra em demasia contra si.
Cuidado com os tamanhos de tiques.
É de notar que os incrementos do tamanho dos tiques se tornam mais arriscado à medida que você aumenta as chances.
Repare, um exemplo, quando começa a 2.0, os tamanhos de tiques começam a se mover em incrementos de 0.02 em vez do 0.01 abaixo de 2.0. Um movimento ascendente de 2 tiques, significa mais do que um giro descendente de 1-tick.
Conclua, se o preço tiver uma hipótese igual de mover-se para cima ou para baixo, tenha cuidado ou, em alternativa, saiba tirar benefícios dessa situação.

Scalping é rentável sim, mas precisa de experiência para chegar à estabilidade. vai depender muito da sua persistência, abordagem, tempo, gestão de banca e muita coragem. Scalping não é fácil, mas é possível viver só do Scalping.

 

 

post

Espanhóis dizem que “Incidente mais anedótico do VAR” foi em… Portugal!

 

Ao que tudo aponta, a Federação espanhola deverá mesmo promover a introdução do vídeo-árbitro em La Liga já a partir da temporada 2018/19, uma decisão que tem sido tudo menos consensual.

O jornal espanhol As, por exemplo, recorda as maiores polémicas provocados pela nova tecnologia na Europa, entre elas aquele a que se refere o “incidente mais anedótico do VAR”.

“A I Liga pode gabar-se de ter mostrado ao mundo um dos incidentes mais anedóticos, depois do corte de comunicações entre a equipa de arbitragem e os assistentes do vídeo-árbitro no Aves-Benfica”, lembra a publicação.

“A falha ocorreu ao minuto 66 e, durante o restante tempo, a equipa de arbitragem esteve sozinha ante jogadas polémicas. O azar bateu-lhes à porta, já que Jonas anotou o 3-1 final a 11 minutos do fim, em situação irregular por falta do avançado sobre Nildo”, completa.

Fonte: Noticias ao Minuto

5 Sinais para perceber se o trading é ou não para si!

Diferentes pessoas têm diferentes aptidões, umas são melhores numas coisas e outras noutras, é a natureza humana e é algo que não pode ser negado. O principalmente objectivo deste artigo é fazer perceber o leitor se este está pronto para se aventurar no trading desportivo, se reúne ou não as características essenciais para que possa fazer deste um estilo de vida e a sua maior fonte de rendimento. Confira abaixo quais são, na opinião da Betrader, os sinais mais importantes para perceber se o trading desportivo é afinal, indicado ou não para você!:

1. Você está a procura de algo para ganhar dinheiro rapidamente!

É possível ganhar muito dinheiro com o Trading Desportivo? Sim!

É possível fazer disso a sua principal fonte de rendimento? Sim!

É possível ganhar dinheiro rapidamente com isso? Sim, porém aqui temos um problema. Se você começasse HOJE no trading desportivo e ganhasse muito dinheiro em pouquíssimo tempo só existiria duas possibilidades para explicar o acontecido:

1º: Você teve muita sorte logo de início e provavelmente não terá consistência se tentar manter o mesmo ritmo.
2º: Você é praticamente um génio e descobriu a sua real vocação neste mundo, não precisando de estudar quase nada para atingir o nível de um profissional.

Considere que o 1º caso acontece com 99,99% das pessoas que ganham dinheiro rápido nesse mercado e apenas os outros 0,01% são realmente génios (isso pra não dizer que é “impossível” existir alguém assim).

Basicamente falando, se você pretende ingressar no Trading Desportivo a procura de “dinheiro rápido”, com certeza isso não é para você.

Trabalhar como um trader exige paciênciafoco e e principalmente disciplina a longo prazo.

Se você não tem essas características ou não busca por isso, o trading desportivo não é para você .

2. Você não gosta de estudar ou não tem paciência para aprender aos poucos.

Na verdade esse “sinal” não é nenhum pouco específico. O estudo, não importa em qual ramo você queira se aventurar, sempre foi e sempre será o pilar que sustenta o sucesso naquele ramo ou não.

Não basta conhecer os métodos ou técnicas se você não estudar o que pretende fazer ou não em uma operação, estudar as equipas, os confrontos passados, aprender novos “planos”, enfim…

Se você não gosta de usar uma parte do tempo que tem para assistir vídeos de pessoas mais experientes, ou ler algum bom artigo sobre trade, ou quem sabe até um livro, você não vai muito longe como trader.

3. Pensa que pode aprender sozinho e ser um profissional em pouco tempo.

Você pode aprender sozinho sim, com certeza, afinal muitos já disseram fazer isso. Muitas pessoas com anos de experiência em trading fizeram-no, pois havia pouquíssima informação na internet.

Nos dias atuais, com tanto conteúdo bom disponível e de boa qualidade, é quase um pecado querer aprender sozinho.

Pense comigo: se você pode poupar seu tempo, aprendendo com quem já passou por tudo que você vai passar, porque arriscar seu investimento e pior ainda, seu tempo querendo fazer tudo sozinho?

É como diz o ditado: “Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá em grupo”.

Participe de blogs, canais do youtube, grupos em fóruns e no até no Facebook. Faça parte do “grupo” e vá mais longe!

E se mesmo assim preferir ir sozinho, vá… mas pode ser que você acabe chegando a conclusão de que o trading desportivo não é para si!

4. Você é uma pessoa muito imediatista.

Ser imediatista, nada mais é do que procurar resultados ou querer algo num período muito curto de tempo, sem “trilhar” um caminho adequado.

Se você é uma pessoa imediatista, vai querer ganhar experiência rápido, vai querer que os “resultados/ganhos” apareçam em pouquíssimo tempo, vai buscar os métodos mais fáceis porém não seguros de atingir seus objetivos.

A pessoa imediatista não tem paciência e muitas das vezes não tem controlo emocional para lidar com os atrasos no que ela busca.

Gosto de dizer que o Trading Desportivo é como um passeio de montanha russa. Tem muitos altos e baixos mas uma hora, depois de algum tempo, você acaba habituando-se se der várias voltas.

O queremos dizer é: na jornada como trader você vai ter muitos altos e baixos, mas uma hora vai saber lidar com isso e muito provavelmente terá mais altos do que baixos. Já o imediatista não tem toda essa resistência de aguardar até a chegada desse dia, sempre a trabalhar duro.

5. Você é inseguro demais (além da conta)

Ser inseguro tem seus pontos positivos e negativos.

As pessoas inseguras, geralmente são muito cautelosas com os passos que dão e procuram sempre o caminho mais seguro para chegar a algo que almejam.

Nesse caso isso é um ponto muito positivo para um trader pois evita que ele cometa erros levado pelo impulso de uma oportunidade.

Porém o problema começa quando alguém é inseguro demais!

Ser inseguro além do necessário deixa o trader retraído, sempre em “modo de defesa”, evitando o máximo possível para não fazer a operação em determinado jogo.

E bom, é como dizem né: a melhor maneira de nunca perder 1 Euro se quer em seus investimentos é nunca fazer nada, e quem não faz nada também não ganha nada.

Se você se considera uma pessoa insegura demais, o trading Desportivo não é para si, mas se você quer “eliminar” essa característica, o trading é um bom lugar se você aprender a ser disciplinado.

Quanto tempo vai demorar até que me torne um trader de sucesso?

 

Em qualquer forma de investimento, uma das perguntas mais comuns que muitos iniciantes e pessoas que pensam em começar é: Quanto tempo vai levar até que eu fique realmente bom e possa ver grandes resultados?

Essa é uma pergunta bastante difícil de responder de forma precisa pois ela envolve uma série de fatores diferentes. A primeira coisa que você tem que saber é que, em geral, se você esta aprendendo tudo sozinho, na prática, você vai levar muito mais tempo do que imagina inicialmente para ficar realmente bom nesses tipos de investimentos.

Esse é o principal fator pelo qual costumamos recomendar os “Videos de iniciação à Exchange”, a utilização do nosso chat online e o uso do Fórum com material de acesso à Formação

Curso trader esportivo

O grande motivo para isso é que nada é tão simples quanto parece e se você não tem alguém que já tenha passado por aquela mesma experiência para te ensinar passo a passo o que você deve fazer, então você naturalmente leva mais tempo e comete mais erros até aprender de fato e se sentir confiável que pode produzir resultados consistentes como trader. É bastante fácil, enquanto iniciante sem qualquer experiência, cair na armadilha de que você vai começar a aplicar seu dinheiro no Trading Desportivo e verá resultados impressionantes, obtendo lucros de 4, 5 ou mais dígitos no primeiro mês de Trading.

Infelizmente, não é assim que ocorre na prática e, verdade seja dita, a maior parte das pessoas que pensa desse modo acaba se frustrando após não conseguir obter na prática os resultados que esperava.

O trading Desportivo é, na nossa opinião, um dos melhores tipos de investimento que você pode fazer e, a longo prazo, você pode realmente conseguir gerar resultados absolutamente impressionantes, mas apenas se você iniciar nessa atividade com a mentalidade correta. O modo mais inteligente de começar no Trading Desportivo, e que vai garantir excelentes resultados, dado que você busque aprender constantemente e não tenha expectativas absolutamente irreais como as que falamos acima é investir em um bom curso online, que explique as bases do Trading Desportivo (estes podem ser encontrados gratuitamente no Youtube), aplicar o que for ensinado na prática e, a partir daí, começar a colher o feedback dos seus tradings e posições e ir se aprimorando cada vez mais como trader Desportivo.

A ideia básica aqui é: se você se quer tornar um trader desportivo de alto sucesso, capaz de gerar lucros significativos com alto grau de consistência, é que você precisa focar em progressão constante. Não tente ser o melhor em sua primeira vez investindo no trading desportivo, vá se desenvolvendo como trader em um tempo que te deixe confortável.

Erros Comuns a Evitar nas Apostas Desportivas

 

Ainda que realizar prognósticos seja um ponto de partida bastante positivo, é necessário ter-se em consideração uma série de outros aspectos importantes na hora de realizar apostas e gerir uma banca de apostador, para que no final os resultados sejam o mais positivos possível. A grande maioria dos apostadores tende a não cumprir com estas regras básicas, e por esse motivo, uma grande percentagem acaba por perder dinheiro com as apostas. Se o seu objectivo é ganhar dinheiro com apostas desportivas, tenha em consideração estes erros frequentes e quais as melhores formas de os contornar para sair vitorioso nos seus palpites.

Apostar no clube do coração

Independentemente de qual o clube do seu coração, a verdade é que a grande maioria dos apostadores tem tendência para apostar forte no seu clube favorito, sem olhar às probabilidades, muito menos analisar as partidas em conformidade. Quer você seja do Benfica, Sporting, Porto, Braga ou outro clube qualquer, é necessário ter-se em consideração que apostar no clube do coração, por norma, é um mau palpite. Quando se realiza apostas desportivas, é necessário ser-se isento nas escolhas que se faz, analisando correctamente os jogos, e percebendo concretamente onde está o valor das apostas. Quando um apostador inexperiente coloca uma boa percentagem da sua banca na sua equipa predilecta, ele está a cometer um erro crasso ao nível da gestão de banca e principalmente da gestão de oportunidades em apostas.

Pese embora seja possível realizar apostas no clube do seu coração, tenha sempre em consideração a análise do jogo, da forma das equipas, dos encontros passados, das estatísticas e todos aqueles dados que são extremamente importantes de analisar, antes de colocar uma aposta desportiva em qualquer clube, torneio ou corrida. Se não o fizer, as suas chances de vitória são muito reduzidas, mesmo apostando no seu clube do coração!

Apostar em desportos desconhecidos

Outro dos erros mais frequentes em apostas desportivas é sem dúvida apostar em desportos desconhecidos e/ou onde você não tem conhecimentos suficientes para realizar apostas seguras e confiáveis. Muitos apostadores tendem a tornar as apostas num hábito de vida, e acabam por fazer apostas em desportos como o Futebol Americano, Corridas de Cavalos, Ligas de Futebol de países menos conhecidos, etc., e acabam por se dar mal a longo prazo. A grande maioria das casas de apostas, como a Betfair ou 1xbet, por exemplo, oferecem inúmeros mercados de apostas desportivas, em dezenas de desportos diferentes. No entanto, você deverá ter discernimento suficiente para perceber quais os desportos em que você se sente mais à vontade, e restringir as suas apostas a esses desportos, exclusivamente.

Apostar em odds muito baixas

untitledw3Pese embora uma odd baixa signifique que existe um claro favorito a vencer uma partida, a verdade é que apostar em odds muito baixas, é um risco tremendo. Se imaginarmos, por exemplo, que o Real Madrid tem uma odd de 1.05 para vencer um determinado jogo em casa, se apostarmos 100EUR na vitória dos merengues e vencermos, iremos ganhar de lucro apenas 5EUR, ao passo que estamos a arriscar 100EUR, e em caso de perda, iremos sentir uma enorme dificuldade em recuperá-los. Surpresas acontecem em todos os jogos, campeonatos e torneios, portanto, ao realizar as suas apostas, tenha sempre em consideração esses factores, para evitar ao máximo apostar em odds que não têm valor e/ou não são boas oportunidades de apostas. Muitos apostadores cometem o erro de apostar em odds muito baixas, principalmente em apostas ao-vivo, e acabam por se dar bastante mal. Se conseguir, evite fazê-lo.

Apostar nos favoritos

Clubes como o Real Madrid, Barcelona, Manchester City, Juventus, etc., são por norma favoritos a vencer qualquer uma das partidas que disputem nas suas ligas domésticas. No entanto, os favoritos têm por norma odds muito baixas, que não justificam o investimento e o risco a elas associado. Muitos apostadores iniciantes cometem o erro de apostar nos favoritos, esquecendo-se que eles também falham. Quando um favorito falha, a recuperação do investimento é muito dolorosa.

Recuperar de uma perda

Outro dos erros muito frequentes em apostas desportivas é a tentativa de recuperação de perdas. Quando um apostador perde uma aposta, por norma, ele vai tentar recuperar o dinheiro perdido no momento seguinte. Quando não existe discernimento e controlo emocional, este tipo de erro faz com que se realizem apostas em jogos que não se conhecem e/ou que não foram analisados correctamente, o que origina novas perdas. O método do martingale, por exemplo, é um método que está estudado para lidar com as situações de uma forma calculada e matemática, mas sempre com controlo emocional sobre as apostas e a gestão da banca. Se vai apostar para tentar recuperar uma perda, faça-o em plenas condições e depois de analisar correctamente a aposta seguinte. Evite ao máximo tentar recuperar de uma perda no minuto seguinte, apostando num resultado ou num jogo que à partida lhe parece interessante, mas que na verdade não o é. Apostar de cabeça perdida nunca é uma solução inteligente.

Apostar sem pensar na gestão de banca

As estratégias de gestão de banca existem porque na verdade são importantes do ponto de vista do apostador. Quando você cumpre com um sistema de gestão de apostas, você sabe que à partida não deverá apostar mais de 5% do valor total da sua banca disponível, para que em caso de perda, tenha capital suficiente para continuar a realizar apostas e então recuperar das perdas sofridas. Um dos erros mais comuns em apostas desportivas, é precisamente quando um apostador resolve colocar em jogo 30%, 40% ou mesmo 80% da sua banca numa única aposta, seja porque está de cabeça perdida e quer recuperar das perdas passadas, seja porque considera que a aposta é infalível e que com ela vai duplicar o valor da banca. Independentemente da razão, nunca se deve apostar mais de 5% do valor da banca, excepto em casos muito específicos em que estamos perante uma Sure Bet, por exemplo.

Jogar em Casino ou Bingo

A grande maioria das casas de apostas, oferece além de serviços de apostas desportivas, jogos de casino e bingo. Essas plataformas de jogo são transversais à mesma conta de jogador, o que faz com que um apostador possa investir a sua banca no casino ou mesmo no bingo, sem que tenha de registar uma nova conta. O que acontece, normalmente, é que os apostadores têm tendência para visitar os jogos de casino e bingo, e investir uma boa parte da sua banca, em jogos de sorte ou azar, o que invariavelmente acaba por correr mal. A grande diferença entre o casino/bingo e as apostas desportivas, é que no primeiro caso estamos perante um jogo de sorte ou azar, enquanto que no segundo caso, nas apostas desportivas, já entra uma componente de análise e estudo, que pode fazer toda a diferença no resultado final. Portanto, evitar ao máximo os jogos de sorte e azar, é fundamental para conseguir um registo positivo nas apostas.

Fonte: Pedro Morais, Professional Trader

post

FC Porto – SL Benfica: 14 Curiosidades sobre o Clássico

Aqui estão 14 curiosidades sobre o Clássico de hoje, entre FC Porto e SL Benfica, que pode virar as contas do campeonato:

1. Conceição vs. Vitória: Quem ganha?

Numa viagem ao passado aos duelos entre os dois treinadores, Rui Vitória é claramente o vencedor. Num total de 9 jogos disputados o atual treinador dos encarnados soma 5 vitórias e três empates. Conceição apenas conseguiu levar a melhor sobre Vitória numa ocasião, num encontro para a Taça de Portugal quando ainda era treinador do SC Braga.

Desde que assumiu o comando do Benfica, Vitória ganhou os dois jogos a Conceição, na altura à frente do Guimarães, ambos por 1-0.

2. Balizas portuguesas: há quanto tempo?

Esta sexta-feira podemos ter um Clássico com guarda-redes portugueses entre os postes. Espera-se que Bruno Varela, no Benfica, e José Sá, no Porto, sejam titulares e se assim for será apenas a segunda vez esta década que haverá dois guarda-redes lusos em campo num clássico entre FC Porto e SL Benfica. A última vez foi em 2010, no Dragão, e os titulares eram Nuno Espírito Santo, do lado dos dragões, e José Moreira, do lado das águias. O Porto ganhou 3-1.

3. Quem é o goleador máximo dos Clássicos a norte?

Eusébio? Gomes? Não. António Henrique Monteiro da Costa, um médio/avançado nascido a 20 de agosto de 1928, em São Paio de Oleiros, concelho de Santa Maria da Feira, é o nome do maior goleador em Clássicos entre dragões e águias. Em 11 Clássicos, António Costa marcou 8 golos.

Costa vestiu a camisola do FC Porto entre as épocas 1949/50 e 1961/62, tendo jogado por 328 vezes e marcado 96 vezes. Chamavam-lhe o ‘Homem Canhão’ e fez parte das conquistas de dois campeonatos (1955/56 e 1958/59) e duas Taças de Portugal (1955/56 e 1957/58).

4. Qual é o resultado mais dilatado nos Clássicos no Dragão?

O resultado mais dilatado, a contar para a liga, aconteceu há 84 anos, na temporada 1932/1933, ano em que o Belenenses foi campeão, num jogo a contar para o Campeonato de Portugal. No apito final, o placard marcava 8-0 a favor do FC Porto.

Acácio Mesquita e Valdemar Mota fizeram ambos um hat-trick, Lopes Carneiro e Carlos Nunes também marcaram.

5. Em casa quem manda é o dragão

Para a Liga foram feitos 83 jogos em casa dos dragões. O saldo é muito desnivelado e favorece claramente a equipa da casa. O SL Benfica venceu 13 e o FC Porto 50. Houve 20 empates

6. Como foi o último Clássico no Dragão?

Com emoção até ao fim. O ano passado o confronto aconteceu à jornada 10 e ficou empatado 1-1. Diogo Jota marcou para os dragões aos 50 minutos. E quando se pensava que os três pontos já estavam entregues, Lisandro López empatou a partida aos 90+2.

7. O FC Porto e os golos “estão numa relação”

À 12ª jornada os dragões somam 31 golos marcados, um registo que só encontra comparação com as estatísticas da época 1987/88 para encontrar o mesmo número de golos em 12 partidas.

Melhor registo que este só mesmo há 64 anos, em 1962/63, quando em 12 jornadas os dragões somavam 32 golos.

8. Baliza fechada a sete chaves

O FC Porto, a par do FC Barcelona, tem a melhor defesa do top-7 dos campeonatos europeus, com apenas 5 golos sofridos.

9. Quantos, dos que podem entrar em campo, já jogaram o Clássico dos dois lados?

Esta sexta-feira, Maxi Pereira vai ser o único homem em campo que saberá o que é jogar o Clássico pelo SL Benfica e pelo FC Porto, surgindo na mesma linha que jogadores como Maniche, Rui Águas, Kulkov, Yuran, Cristian Rodriguez, Drulovic, que trocaram diretamente a Luz pelo Dragão, ou vice-versa.

Danilo Pereira e José Sá, jogadores dos azuis e brancos, também passaram pelo SL Benfica, mas nunca jogaram pela equipa principal.

10. Quando é que foi a última vez que o Benfica ganhou no Porto?

A última vitória das águias em reduto portista remonta a 2014, ano em que um ‘bis’ de Lima garantiu ao Benfica uma vitória por 0-2 em casa do Porto. Nessa época os encarnados foram bicampeões nacinais.

11. Quem é que sabe abanar as redes do Dragão de águia ao peito?

Do plantel do SL Benfica só três jogadores conhecem o sabor de fazer abanar as redes no Dragão. Lisandro López, como já referimos, fê-lo na temporada passada e é o único desta curta lista a tê-lo feito com a camisola encarnada.

Sem a camisola do Benfica, Pizzi, pelo Paços de Ferreira, e João Carvalho, pelo Vitória de Setúbal, já fizeram golos na casa do FC Porto.

12. E do FC Porto? Quem é o melhor a caçar águias em casa?

No plantel do FC Porto só dois jogadores é que já marcaram ao Benfica no Dragão. São eles o defesa-direito Ricardo Pereira e o médio André André.

13. Rui Vitória já jogou 17 vezes contra o Porto…

… e não ganhou nenhuma delas. Soma 6 empates e 11 derrotas destribuídos pelos tempos em que treinou o Vilafranquense, Fátima, Paços de Ferreira, Vitória de Guimarães e SL Benfica.

14. Conceição jogou 10 vezes contra o Benfica…

… e, contrariamente a Rui Vitória, conhece o sabor da vitória: em 10 jogos, soma 2 vitórias, 1 empate e 7 derrotas frente às águias.

Fonte: Sapo24

André Villas-Boas demite-se como treinador do Shanghai para conduzir no Dakar

“Entrei em contato com Team Overdrive e aqui estou eu!”

André Villas-Boas dirigirá um caminhão pick-up na corrida automobilística.

O ex-treinador de Chelsea e Tottenham, André Villas-Boas, vai disputar o Rally de Dakar em 2018 depois de deixar o comando técnido do clube chinês Shanghai SIPG.
Villas-Boas, cujo tio participou do evento em 1982, conduziu um Toyota Hilux no rali de 15 dias que começa no Peru a 6 de Janeiro e viaja pela Bolívia antes de terminar na Argentina a 20 de Janeiro.

O entusiasta de automobilismo de 40 anos considerou abordar a exaustiva corrida numa moto, mas foi persuadido a mudar para a Hilux e terá o colega Ruben Faria como seu copiloto.

“Falei com o meu amigo Alex Doringer, treinador da equipa da KTM, que me disse que eu ainda precisaria de uma preparação completa para chegar lá e que era melhor considerar fazer isso com um carro”, disse Villas-Boas.

“Então eu entrei em contato com Team Overdrive e aqui estou eu!”

betraderoficial.com

FIFA planeia Super Mundial de Clubes para 2021

Entidade que tutela o futebol mundial quer terminar Mundial de Clubes e Taça das Confederações, e introduzir uma nova prova de clubes. Benfica e FC Porto teriam acesso a vaga se fosse em 2018.

De acordo com a Marca, a FIFA está empenhada em planear um Super Mundial de Clubes para 2021, em substituição da Taça das Confederações, que assim terminaria, e de forma a aproveitar o vazio competitivo do verão desse ano.

Ainda que com muito por definir, a ideia passa por criar um torneio de 24 equipas para coroar o melhor clube do planeta a cada quatro anos, A UEFA (Europa) estaria representada por 12 clubes, a CONMEBOL (América do Sul) por cinco, CAF (África), AFC (Ásia), CONCACAF (América do Norte) por dois cada e OFC (Oceania) por apenas um.

No caso europeu, as doze vagas seriam ocupadas pelos quatro últimos vencedores da Liga dos Campeões, os quatro derradeiros finalistas e as restantes quatro pelas equipas com melhor coeficiente, o que possibilitaria a Benfica e FC Porto estarem presentes, caso a competição se realizasse em 2018. Real Madrid, Barcelona, Atlético Madrid, Juventus, Atlético Madrid, Juventus, Bayern Munique, PSG, Sevilha, Manchester City, Borussia Dortmund e Arsenal seriam os restantes representantes do velho continente.

Esta é a lista completa das equipas:

UEFA (Europa)

  1. Real Madrid
  2. FC Barcelona
  3. Atlético de Madrid
  4. Juventus
  5. Bayern Munich
  6. PSG
  7. Sevilla
  8. Manchester City
  9. Borussia Dortmund
  10. Benfica
  11. Arsenal
  12. Oporto

CONMEBOL (América do Sul)

  1. Atlético Nacional
  2. River Plate
  3. San Lorenzo
  4. Atlético Mineiro
  5. Boca Juniors

CAF (África)

  1. Wydad Casablanca
  2. Mamelodi Sundows

ASIA (AFC)

  1. Urawa Red Diamonds
  2. Jeobunk Hyundai Motors
  CONCACAF (América do Norte)

  1. Pachuca
  2. América
 OCEANÍA (OFC)

  1. Auckland City

Fonte: A Marca